Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

“Ciência em férias” do IPV foi um êxito

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Terminou a terceira edição do mais recente evento do Instituto Politécnico de Viseu direcionado à sua comunidade envolvente mais jovem.

O “III Ciência em Férias IPV 2016” foi, uma vez mais, um sucesso retumbante. Todas as 140 vagas disponíveis, distribuídas pelos dois grupos de diferentes faixas etárias, foram preenchidas muito celeremente, em apenas 3 dias.

O Leonardo adorou participar. “Gostei muito, fizemos muitas atividades fixes”, o mesmo sentimento partilhado pela Ana Margarida “foi uma semana muito boa, pela descoberta e pelo convívio”.

Elisabete, encarregada de educação, revelou-nos que “já há algum tempo que estava à espera que o meu filho tivesse idade para participar, e tal como estava à espera, conseguiu ter acesso a um leque variado de atividades. Espero que ele consiga participar nos próximos anos, porque tenho a certeza que vai ajudá-lo a escolher o caminho a percorrer no futuro”. Opinião partilhada por Marlene, mãe de um outro participante, “o João gostou imenso. Para mim foi uma semana fantástica, porque o deixava todos os dias numa escola superior do IPV e sabia que ele ia ver, aprender e conviver com coisas diferentes e ter alguma noção do que é o ensino superior, para o ajudar numa futura escolha. No final do dia, quando chegava a casa, contava tudo o que tinha feito com muita satisfação e entusiasmo”. A Maria Fernanda felicitou a instituição “pela iniciativa, pelo atendimento, acolhimento e pela qualidade do encerramento”, relevando ainda que “como mãe e encarregada de educação, a semana Ciência em Férias contribuiu para o equilíbrio físico e psíquico da minha educanda”.

O evento “Ciência em Férias IPV ” tem como objetivo proporcionar aos estudantes do ensino básico e secundário um programa organizado de caráter educativo, cultural, tecnológico e científico, mas também lúdico e de descoberta de áreas formativas que se enquadrem nas preferências e aptidões para o seu futuro percurso académico.

Organizado pelo Instituto Politécnico de Viseu, o projeto decorreu em dois momentos distintos, direcionados a diferentes públicos-alvo. Assim, a primeira semana do evento – de 27 de junho a 1 de julho – teve como destinatários os participantes com idades compreendidas entre os 10 e os 12 anos de idade (Grupo I). A segunda semana – de 4 a 8 de julho – destinou-se aos jovens a partir dos 13 anos (Grupo II).

Cada uma das semanas teve programas ajustados às faixas etárias diferenciadas que constituíram os grupos. Foram duas semanas de inolvidáveis experiências, partilhas intensas de conhecimento, salutar convívio e confraternização e muitas, mas mesmo muitas memórias para mais tarde recordar.

Durante cinco dias consecutivos, um dia em cada uma das também cinco escolas superiores do IPV (Escola Superior de Educação de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego, Escola Superior Agrária de Viseu e Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu), cada grupo de participantes usufruiu de uma semana plena de atividades científico-pedagógicas em diferentes áreas do saber e muita diversão, mas também de cultivo e fomento de espírito de grupo, trabalho em equipa e sociabilização.

As atividades realizadas abrangeram áreas e temáticas tão diversificadas como: Brincar com a ciência, Informática divertida, Gestão de redes sociais, Construção de um jardim portátil em material reciclado, A magia da Química, Uma curta viagem pelo mundo dos jogos e desafios matemáticos, Construção de um rádio de cristal, Ateliê de suporte básico de vida, Jogando e pensando: procurando a matemática escondida, Ateliê de jornalismo, Visita à Quinta da Alagoa e à lagoa das garças, Encontros com a Engenharia – pensar e projetar a cidade, Geocaching, Ateliê de educação para a cidadania, Visita ao canil e ao Centro de Enfermagem Veterinária, O Mundo das abelhas, A cor dos alimentos, Ateliê de sensibilização para a amamentação, Extração de óleos essenciais, Do planear ao construir, Programar! E porque Não!?, Do projeto ao objeto, A energia e a preservação do planeta, Peddy paper, Ateliê: recriar um hospital, Visita ao Parque Zootécnico, Press júnior, Ateliê de Hyperlapse & Stopmotion, Ruído na ponta dos dedos, 24 hours in London, 24 heures à Paris, entre outras propostas.

Além das experiências e vivências científicas e pedagógicas, houve ainda tempo para os participantes se divertirem com inúmeras atividades lúdicas e de animação cultural, como jogos de orientação, jogos desportivos, peddy-papers temáticos, jogos tradicionais, atividades experimentais, ouvirem tunas académicas e muito mais.

As refeições dos participantes, meticulosamente escolhidas, são fruto da generosidade dos Serviços de Ação Social do IPV.

Para o último dia, no final da tarde, na Aula Magna do IPV, estava reservada a sessão de encerramento, com muitas surpresas e animação. Houve lugar para os jovens, pais e familiares, assistirem a um momento cultural de “pura magia”, uma performance inolvidável do deslumbrante Zé Mágico, seguindo-se a exibição do “filme da semana”, com os melhores momentos do “Ciência em Férias”, a entrega de diversas (e muito apreciadas) ofertas institucionais e os certificados de participação. No final, o merecido lanche-convívio final.

O momento cultural foi mesmo de pura magia: Zé Mágico, aluno do Instituto Politécnico de Viseu, deslumbrou os presentes com números admiráveis, revelando também um apurado e refinado sentido de humor e uma contagiante boa disposição que se alastrou a toda a plateia.

Muito mais do que um espetáculo de magia, “hiii!” mistura a arte da ilusão com a cénica teatral, criando não só magia, mas uma atmosfera mágica.

A instituição regozija-se pela preferência de tantos e tantos jovens e dos seus dedicados pais e encarregados de educação. Aos também inúmeros jovens que não puderam ser admitidos por questões logísticas o nosso lamento, ficando no entanto o IPV a aguardar por vós numa próxima oportunidade, provavelmente já no próximo ano…

Para o ano cá estaremos, com mais semanas em cheio no Politécnico de Viseu para os jovens da região virem aprender divertindo-se!

* Artigo redigido ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Viseu, 13 de julho de 2016

Joaquim Amaral

Comunicação e Relações Públicas | Instituto Politécnico de Viseu

jamaral@pres.ipv.pt

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies