Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Judeus salvos por Aristides de Sousa Mendes visitaram Portugal

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

“Viagem pela estrada da liberdade” foi o nome da iniciativa que trouxe a Portugal 44 representantes de 17 famílias que, em 1940, foram salvas pelos vistos do cônsul de Bordéus. Os elementos desta Estrada da Liberdade fizeram o mesmo percurso que os refugiados percorreram na II Guerra Mundial, entre França e Portugal.
Vieram de sete países e estão unidos a Portugal por um elo comum: o visto que os conduziu até terras lusas. Entre os refugiados desta comitiva, encontrava-se Lissy Jarvik, ex-presidente da Sousa Mendes Foundation que ainda retém na memória o dia em que, ainda criança, entrou no nosso país.
Nesta iniciativa de homenagem ao “cônsul desobediente”, promovida pela Sousa Mendes Foundation (EUA), os 44 elementos das famílias de refugiados atravessaram a pé a ponte que liga Franca a Espanha, em Irun. A mesma ponte que, há 76 anos, foi atravessada por milhares de pessoas que, graças ao cônsul português, escaparam ao regime nazi.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este conteúdo está bloqueado. Aceite os cookies para o visualizar.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies