Polémica no CARNAVAL de Canas atinge o nosso diário digital


     

        Uma ovelha negra Canense, que de forma alguma mancha a nobreza, bairrismo e fortes tradições culturais enraizadas numa comunidade, resolveu, à falta de argumentos para atacar a mensagem, apontar as suas frágeis armas ao mensageiro, a propósito do carnaval de Canas. Triste e lamentável atitude para com um órgão de comunicação que faz um verdadeiro serviço público de informação, sempre com o máximo rigor e pluralismo, nos concelhos de Nelas e Carregal do Sal.
Deplorável a forma como resolveu atingir publicamente o nosso tratamento jornalístico da polémica em torno do suposto não entendimento entre os 2 bairros sobre os trajetos e participação nos habituais rituais carnavalescos. E a maior contradição é que foi essa ovelha a inflamar a polémica denunciada nas redes sociais : ou seja a partir das suas publicações no facebook, e dada a grande relevância pública do assunto, fomos ao encontro dos factos objetivos – é verdade ou não que a Associação do Rossio não se foi cruzar nas Avenidas com a Associação do Paço, no passado Domingo ? É verdade ou não que ontem , na segunda feira das velhas, o Paço não participou no respetivo ritual nas 4 esquinas ?
Esta revolta e ressabiamento pelo trabalho que temos vindo a fazer em prol de uma informação ampla, criativa, plural e rigorosa (o nosso diário digital continua a crescer em público – só no último mês crescemos mais uma vez, para uma média diária de 878 visitas, sendo que nesta estatística estão excluídas as nossas próprias visualizações) tem, de há muito tempo a esta parte, um rosto : Pedro Ferreira. Este cidadão não se conforma com o nosso sucesso e resolve denegrir-nos publicamente.

        VEJAM os nossos leitores como a sua mente é desviante e doente :

FASE 1 : comentário a propósito do que chamou “desorganização/confusão” do CARNAVAL de CANAS :


Pedro Ferreira : É Canas no seu melhor! Não sei quem tem a razão, apenas se ouvem diversas versões de amos os lados. Eu como Rossiense deverei acreditar sempre no meu bairro? Ou deverei acreditar no bairro “inimigo”? Uma coisa é certa, quem nos visita não merece tal “desorganização/confusão” ou chamem-lhe o que quiserem!
há 19 horas ·

FASE 2 : assume-se como o justiceiro, depois de ele próprio ter vindo “inflamar” a situação, atacando o nosso jornal :

Pedro Ferreira : Este pedaço de papel higiénico com letras a que chamam de “Jornal”, pelos vistos, ano após ano, continua com a mesma palhaçada em relação aos Bairros do Rossio e do Paço!

ENTÃO o PALHAÇO não foi o referido cidadão que inflamou a polémica, muito antes da nossa notícia ?

Querer tapar o sol com a peneira, não é definitivamente a nossa postura.

4 comentários a "Polémica no CARNAVAL de Canas atinge o nosso diário digital"

  1. as polémicas são resolvidas por um monumental "porconopeto" patrocinado pelo senfim com uma churrascada em brasas de urâneo na sua piscina.

  2. Sem querer defender nem atacar ninguem se os primeiros comentarios não estão "éticamente correctos" os segundos feitos neste blog tambem não me parecem os melhores. Penso que a identificação do nome e sobretudo a fotografia vão para lá duma critica ou de uma defesa e entrao no campo da vingança o que não é bonito nem permitido numa publicação que segundo as pretensoes do seu autor se quer informativa e séria………..joe rivera

    • Subscrevo. Acrescento dizendo que percebo a indignação do jornal, mas este não se pode comportar desta forma, atacando quem o critica e usando o poder de disseminação que tem para atacar alguém. Compreendo o jornal, mas devia ter feito a defesa da sua honra de uma outra forma e num registo diferente.

  3. Como diz a sabedoria popular "vamos chamar os bois pelos nomes".

Os comentários estão fechados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies