TOP 10 dos vinhos Portuguesas eleitos na Essência do Vinho não inclui nenhum néctar do DÃO



CAMINHOS CRUZADOS na EV 2014




– Balanço muito positivo da 11ª edição do maior evento viníco Português, consagrou mais uma vez o DOURO como a região com mais expressão qualitativa em Portugal



A 11ª Essência do Vinho, o evento que levou uma selecção do melhor do mercado vínico ao Palácio da Bolsa, no Porto, manteve o número de visitantes da edição anterior, na ordem das 23.200 pessoas. A diferença é que na edição de 2014, 22% dos visitantes foram de nacionalidade estrangeira, mais 5% do que o registado em 2013. A maioria dos visitantes era oriunda de Espanha, Reino Unido e Norte da Europa.

“Estamos muito satisfeitos por nos termos mantido acima dos 23.000 visitantes e muito em particular por termos aumentado o índice de visitação estrangeira. Estamos claramente a beneficiar com a maior procura turística que a cidade do Porto tem vindo a acentuar, mas é o próprio evento que também motiva muitas visitas, sobretudo de profissionais e líderes de opinião. Sendo uma iniciativa que desde a primeira hora dirigiu-se a profissionais e consumidores, o Essência do Vinho – Porto  é hoje também uma montra a nível europeu, que atrai cada vez mais curiosos, especialistas e importadores estrangeiros”, realçou Nuno Botelho, director da EV – Essência do Vinho.

Durante a iniciativa foram abertas mais de 15 mil garrafas e foi eleito o TOP 10 dos vinhos portugueses por um total de 18 jurados – críticos, sommeliers, líderes de opinião e jornalistas de Portugal, Brasil, Dinamarca, Espanha, Finlândia, Suécia e Reino Unido, que provaram e avaliaram um conjunto de 55 vinhos: 10 Vinhos do Porto Vintage 2011, 13 vinhos brancos e 32 vinhos tintos, pré-selecionados pela revista WINE – A Essência do Vinho, de acordo com as classificações obtidas ao longo último ano. 
O Vinho do Porto Vintage com melhor pontuação, o melhor vinho branco e os oito tintos mais bem classificados constituem o “TOP 10”.

O Vinho do Porto “Graham’s The Stone Terraces Vintage 2011”, produzido pela Symington Family Estates, o tinto do Douro “Pintas 2011”, elaborado pela Wine & Soul, e o branco da região dos Vinhos Verdes “Soalheiro Primeiras Vinhas 2012”, do projeto VinuSoalheiro, foram os grandes vencedores.
Os restantes vinhos tintos distinguidos foram: “Monte da Ravasqueira Vinha das Romãs 2011” (2º tinto, Regional Alentejano, Soc. Agr. D. Diniz); “Quinta de São José Grande Reserva 2011” (3º tinto, Douro, João Brito e Cunha); “Quinta da Touriga Chã 2011” (4º tinto, Douro, Jorge Rosas); “Estremus 2011” (5º tinto, Regional Alentejano, J. Portugal Ramos); “CV – Curriculum Vitae 2011” (6º tinto, Douro, Lemos & Van Zeller); “Marias da Malhadinha 2010” (7º tinto, Regional Alentejano, Herdade da Malhadinha Nova); e “Procura 2011” (8º tinto, Regional Alentejano, Susana Esteban).

Em BREVE no seu diário digital o balanço da participação dos vinhos do Dão com o escanção Manuel Moreira.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies