Barragem de Girabolhos poderá criar até mil empregos

– Nelas será um dos concelhos com grande volume de investimento na área ambiental no âmbito do próximo Quadro Comunitário de Apoio
“A barragem de Girabolhos é um investimento para o qual muito contribuiram os autarcas”, revelou hoje em Nelas, Paulo Lemos, Secretário de Estado do Ambiente.
De acordo com as informações que avançou aos jornalistas, trata-se de um investimento superior a 400 milhões de euros, que “poderá criar até mil postos de trabalho no pico da construção”.
O secretário de Estado explicou que o aproveitamento hidroelétrico só entrará em funcionamento em 2018, porque antes “ainda há um período grande de trabalhos, de enchimento da barragem e de testes”. Outra novidade revelada pelo governante foi que o ambiente “é um eixo prioritário do próximo Quadro Comunitário de Apoio” e “Nelas será um concelho que terá um grande volume de investimento”.
O presidente da Câmara de Nelas, Borges da Silva, frisou que este é um investimento de  “inequívoca importância económica e social”.
Lembrou que o município “passa a ter um lençol de água que margina a sul toda a freguesia de Senhorim” e que poderá vir a ser aproveitado em termos turísticos.
O edil explicou ainda que o único impacto que se colocou do ponto de vista ambiental foi no setor vitícola, mas “as consequências serão residuais”.
A barragem irá gerar energia para cerca de 250 mil famílias em Portugal.