Secretário de Estado do Ambiente desloca-se a Nelas na próxima Terça Feira

– Não está prevista nenhuma visita à Ribeira da Pantanha que continua a representar um grave CRIME AMBIENTAL
No próximo dia 18,  o Secretário de Estado do Ambiente, Paulo Lemos, visita o local da construção da Barragem de Girabolhos e Bogueira, situada em Póvoa de Luzianes, Concelho de Nelas, um investimento de 400 milhões de euros, que terá início ainda no corrente ano e cujas expropriações já estão em curso.   

No âmbito deste processo de aproveitamento Hidroeléctrico, a Câmara Municipal de Nelas tem dado todo o apoio necessário ao bom curso do mesmo, através de posto de atendimento criado para o efeito no edifício da Câmara Municipal.
Prevê-se ainda que o Secretário de Estado seja recebido, depois do almoço na vila de Nelas, no edifício da Câmara Municipal.
Sobre a Hidromondego 
No passado dia 27 de Setembro de 2013, a Hidromondego, empresa do Grupo Endesa, e o Estado Português assinaram o Contrato de Concessão relativo ao Aproveitamento Hidroelétrico de Girabolhos, situado no Rio Mondego nos Concelhos de Gouveia, Mangualde, Seia e Nelas. 
Este projecto teve origem no Plano Nacional de Barragens colocado a concurso pelo Estado Português em 2008. O Grupo Endesa venceu o concurso relativo a este projecto oferecendo ao Estado uma quantia de 35 milhões de euros por esta concessão por um período de 65 anos. 
O Aproveitamento Hidroelétrico, composto por duas Barragens, funcionando em regime de reversibilidade, terá uma potência instalada total de aproximadamente 360MW, e será responsável por gerar energia elétrica suficiente para o abastecimento de aproximadamente de 250 mil famílias em Portugal. 
Este investimento, realizado totalmente a Cargo do Promotor, e que não será sujeito a qualquer subsídio ou subvenção pública, desenvolver-se-á por fases desde 2014 até à entrada em exploração prevista para 2019.