Manuel Marques volta a falar de uma boa situação financeira deixada pelo anterior executivo

– Vereador do CDS/PP reporta-se a uma afirmação de Borges da Silva, na reunião de Câmara do passado dia 29 de Janeiro, em que o presidente da Câmara afirmou ter assinado “ordens de pagamento de mais de 600 mil euros nos primeiros três meses de mandato”
“Na reunião de Câmara de 29 de Janeiro de 2013, interpelei o atual presidente da Câmara, questionando-o se era verdade ou não que o anterior executivo deixou mais de 300 mil euros para pagamento de uma prestação do PAEL (empréstimo) e subsidio de férias dos trabalhadores?
Consta da ata da reunião de Câmara desse dia o seguinte excerto: “Interveio o senhor Presidente da Câmara, respondendo ao senhor vereador Dr. Manuel da Conceição Marques, dizendo que era verdade que existiam verbas para pagar a amortização do empréstimo e estavam depositadas no Banco Comercial Português. Acrescentou que tal foi informado na Assembleia Municipal e reafirma ter assinado as ordens de pagamento de mais de 600 mil euros nos primeiros três meses do seu mandato”.
Afinal como conseguiu pagar o presidente da Câmara Municipal de Nelas 600 mil euros se o anterior executivo deixou a Câmara falida ?
Será que o presidente da Câmara de Nelas fez um empréstimo bancário sem a oposição e a Assembleia Municipal saberem ?
Nunca a mentira será a melhor companheira”
Manuel Marques, página pessoal da rede social Facebook