Cantar as Janeiras : durante mais de duas horas reviveu-se a tradição no Carregal

O Pavilhão
Gimnodesportivo Municipal de Carregal do Sal foi o local escolhido para mais um
Encontro dos Cantadores de Janeiras, promovido pelo Inatel.
Os grupos participantes
– mais de duas dezenas – provenientes de diversos concelhos do distrito de
Viseu, entoaram cânticos de outrora lembrando que a tradição continua viva nas
gentes da região.
Os grupos de
danças e cantares, tunas e ranchos folclóricos apresentaram-se no palco
improvisado naquele espaço e deram provas de que continuam a apostar na
preservação da tradição popular de “Cantar as Janeiras”.
O Concelho
fez-se representar por três grupos: “O Torreão” do Centro Cultural de Currelos,
a Associação Cultural do Rancho Infantil Cravos e Rosas de Vila Meã e o Grupo
Danças e Cantares da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato.
Ao longo de
mais de duas horas, o Pavilhão encheu-se de boa disposição e cânticos de
Boas-festas e Bom Ano Novo.
Houve ainda
tempo para os habituais discursos de circunstâncias. Vítor Esteves, diretor da
Agência de Viseu do Inatel, agradeceu a colaboração ímpar da Câmara Municipal
de Carregal do Sal e lembrou que o objetivo desta iniciativa continua a ser a
promoção desta tradição e o convívio entre aqueles que a mantêm viva a cada ano
que passa, em detrimento, felizmente, sublinhou, dos objetivos dos seus
primórdios – pão e sustento. Fez ainda votos para que não tenhamos que voltar a
esses tempos de miséria mas reforçou a necessidade de se manter o hábito de
“Cantar as Janeiras” porta a porta.
O Presidente
da Câmara Municipal de Carregal do Sal foi o orador seguinte. Breve e conciso,
Rogério Abrantes sublinhou o orgulho de acolher um evento desta envergadura e
demonstrou a disponibilidade do seu Concelho, ao nível das diversas estruturas
municipais (entre as quais o Centro Cultural de Carregal do Sal), para receber
outras iniciativas similares promovidas pelo Inatel. Terminou com os votos de
um Bom Ano de 2014.
O Encontro
dos Cantadores de Janeiras do Inatel terminou com a interpretação conjunta de
um tema popular a que se seguiu o já habitual lanche partilhado.
Grupos
Participantes:
– Corpo
Nacional de Escutas – Agrupamento 956 de Repeses
– Grupo de
Cantadores de Janeiras de Lalim
– Grupo de
Cantares “O Torreão” do Centro Cultural de Currelos
– Associação
Cultural do Rancho Infantil Cravos e Rosas de Vila Meã
– Rancho
Folclórico “Rouxinóis do Dão” de Fagilde
– Grupo
Danças e Cantares da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato
– Associação
de Solidariedade Social de Pascoal
– Rancho
Folclórico de Pindelo dos Milagres
– Rancho
Folclórico Verde Gaio – Lordoso
– As
Lavradeiras de Negrelos
– Grupo
Danças e Cantares do Orfeão de Viseu
– Grupo de
Cantares do Sobral (São Pedro do Sul)
– Associação
Cultural Santo António, de Nelas
– Rancho
Folclórico da Associação de Solidariedade Social de Gumirães
– Grupo de
Cantares de Farminhão
– Tuna
Regional do Centro Social de Orgens
– ACAB –
Associação Cultural de Azurara da Beira
– Rancho
Folclórico de São Pedro de France
– Grupo de
Cantares de Loumão
– Grupo
Danças e Cantares de Vila Maior
– Grupo
Cultural de Santo Amaro de Azurara
– Rancho
Folclórico As Rosas do Tourigo
– Rancho
Folclórico As Capuchinhas de Vasconha
– Grupo de
Cavaquinhos Moinhos de Tourigo